HomeActualidadeEducação & FormaçãoFérias da Páscoa: Restart promove oficinas criativas no Porto e Lisboa

Férias da Páscoa: Restart promove oficinas criativas no Porto e Lisboa

Para jovens entre os 10 e 15 anos

Férias da Páscoa: Restart promove

oficinas criativas no Porto e Lisboa

 

Pela primeira vez, a Restart leva oficinas criativas ao Porto. Animação, Videojogos, Cinema, Televisão e Música são algumas das áreas sugeridas

 

As Férias Criativas da Restart estão de volta com muitas propostas de oficinas para ocupar o período de férias escolares da Páscoa, de forma lúdica e pedagógica. Desta vez, não se ficam apenas por Lisboa e têm já início marcado também na cidade do Porto. Assim, entre 6 e 13 de abril, jovens entre os 10 e os 15 anos vão poder realizar workshops e atividades relacionadas com as áreas de Animação e Videojogos, Cinema e Televisão, no Campus do Porto, e de Fotografia e Moda, Cinema, Som e Música, Vídeo e Videojogos, no Campus em Lisboa, explorando técnicas e conceitos de cada área de ensino, de uma forma divertida, curiosa e descontraída.

 

A Restart pretende, assim, através deste programa de oficinas, inspirar os mais jovens, motivando a descoberta pela sua possível vocação, cultivando o gosto pelo mundo artístico, criativo e tecnológico, que cada vez mais precisa de olhares revolucionários e distintos. José Alberto Pinheiro, realizador e produtor de cinema e televisão, e Pedro Negrão, diretor de fotografia dedicado à criação de imagem cinematográfica, são alguns dos formadores que vão estar a orientar as atividades no Porto e em Lisboa. O programa completo pode ser consultado em http://restart.pt/ferias-criativas17/ e as atividades são visíveis em www.youtube.com/watch?v=f0Zy9CQywgw&t=2s.

 

Porto: Criar videojogos e curtas-metragens, e visitar os estúdios da RTP

Durante uma semana, os miúdos mais graúdos do norte vão ter a oportunidade de produzir um filme de animação de grupo, criar personagens e cenários para videojogos, bem como conceber um pequeno jogo. A ideia passa por desenvolver, na oficina de “Animação e Videojogos”, capacidades e competências práticas de programação de videojogos, e de realização e pós-produção de filmes de animação, sempre com criatividade à mistura. Já os mais interessados em aprender sobre “Cinema e Televisão” serão desafiados a realizar e construir uma curta-metragem em grupo, bem como a escrever e produzir um programa de televisão, tendo, ainda, a oportunidade de visitar os estúdios da RTP no Porto.

 

Lisboa: Moda em destaque, com produção de uma sessão fotográfica

Já para os jovens de Lisboa, a Restart reserva atividades que vão desde a “Moda e Fotografia” ao “Som e Música”, havendo ainda espaço para explorar a área dos “Videojogos”, do “Vídeo” e da “Realização de Filme”. Assim, todos os fascinados por moda vão ter a possibilidade de aprender tudo sobre como funciona um estúdio de fotografia, uma máquina fotográfica, a iluminação, e vão produzir uma sessão fotográfica – desde o styling, aos modelos, à maquilhagem, cabelos e acessórios –, no programa de “Moda e Fotografia”. Já na oficina “Férias que dão (são) um filme” será possível aprender a filmar, experimentar os diferentes papéis nas filmagens – de realizador, produtor, operador de câmara e som, entre outros –, bem como aprender a escrever um guião, criar a história de um filme e distribuir personagens.

 

O programa de “Som e Música” vai dar a oportunidade de descobrir como funciona um estúdio de som, usar microfones, gravar, misturar, processar e colocar efeitos. Mas para quem prefere aprender a filmar, iluminar, a utilizar software de edição de vídeo para editar o seu próprio vídeo ou até mesmo criar um canal de youtube e saber tudo sobre boas práticas de vídeos para redes sociais, as oficinas de “Vídeo” serão as mais adequadas. Por fim, e tal como no Porto, os “Videojogos” também estarão em destaque, em que cada participante vai poder criar e jogar o seu próprio jogo, construindo desafios, personagens, cenários e incluindo som e música.


A Restart – Creative Education – é uma escola de formação profissional situada em Lisboa e no Porto. O instituto foi criado, em 2003, como resposta à necessidade de formação profissional de qualidade, no momento em que o ensino superior nacional não fazia um acompanhamento pedagógico totalmente direccionado para a integração no mercado de trabalho. Com uma aposta na formação profissionalizante e forte componente prática, a Restart é acreditada pela Direção-Geral do Emprego e das Relações de Trabalho (DGERT) e pela APCER (Associação Portuguesa de Certificação) pela norma ISO 9001:2008. A Restart oferece, atualmente, mais de 50 cursos, nas áreas de Image & Film, Sound & Music, Games & Animation, Events & Entertainment, Communications & New Media e Web Tech.