HomeActualidadeEstudosWhite Paper da Vodafone conclui que soluções IoT na área da saúde melhoram a vida dos pacientes e poupam milhares de milhões de euros

White Paper da Vodafone conclui que soluções IoT na área da saúde melhoram a vida dos pacientes e poupam milhares de milhões de euros

(Principal)

press release

 

White Paper da Vodafone conclui que soluções IoT na área da saúde melhoram a vida dos pacientes e poupam milhares de milhões de euros

Lisboa, 13 de setembro de 2017

 

 

A Vodafone conclui que as soluções Internet of Things (IoT) desenvolvidas na área da saúde ajudam os pacientes a cumprir os seus programas de tratamento médico com mais rigor. Este novo desenvolvimento tecnológico poderá melhorar a vida de milhões de pessoas e poupar milhares de milhões de euros.

 

As conclusões estão disponíveis no White Paper desenvolvido pelo Grupo Vodafone com o apoio de Bernard Vrijens, professor de saúde pública na Universidade de Liège, na Bélgica.

 

De acordo com a Organização Mundial de Saúde, a taxa de cumprimento dos tratamentos, principalmente em caso de doenças prolongadas, tais como a hipertensão, o cancro e o VIH, fixa-se em apenas 50%. Isto significa que metade dos pacientes não segue as instruções médicas. Consequentemente, nestas situações, as hipóteses de recuperação e melhoria dos doentes são muito inferiores. Estima-se que o lançamento de abordagens mais eficazes poderá ter um impacto positivo, levando a uma mudança de atitude em cerca de 50% da população incumpridora.

 

Ao integrar conectividade de última geração, com equipamentos inteligentes e com a Cloud, a Internet das Coisas (IoT) poderá gerar serviços de saúde mais eficazes e incentivar os doentes a seguir os programas de tratamento com mais rigor, ao fornecer-lhes informações individualizadas sobre as suas terapias. Ao encorajá-los a seguir o tratamento até ao fim, esta abordagem poderá, potencialmente, poupar 290 mil milhões de dólares (cerca de 242 mil milhões de euros à taxa de câmbio atual) em despesas médicas anuais, só nos Estados Unidos da América.

 

“Isto é um excelente exemplo de como a Internet das Coisas tem o potencial de ajudar as pessoas a ter vidas mais saudáveis e acesso a tratamentos médicos mais eficazes. Esperamos que, muito em breve, a visão e a criatividade de pessoas como o Professor Vrijens se tornem realidade com o IoT. Acreditamos estar no limiar de uma mudança significativa na forma como as doenças crónicas são geridas”, afirma Erik Brenneis, Diretor de IoT da Vodafone.

 

doc icon PR-White-Paper-da-Vodafone-conclui-que-soluções-IoT-na-área-da-saúde-poupam-milhares-de-euros.DOCX