HomeNotíciasGeralMetro de Lisboa acolhe o tradicional Almoço de Natal dos Sem-Abrigo do C.A.S.A

Metro de Lisboa acolhe o tradicional Almoço de Natal dos Sem-Abrigo do C.A.S.A

No âmbito do seu projeto de Responsabilidade Social, o Metropolitano de Lisboa acolhe, pela décima vez consecutiva, o tradicional almoço de Natal dos sem-abrigo do C.A.S.A. – Centro de Apoio ao Sem-Abrigo, que decorrerá no próximo sábado, dia 09 de dezembro, a partir das 12h30, disponibilizando, assim, mais um ano, o espaço do refeitório das suas instalações e os seus equipamentos, no complexo de Carnide, para acolher os mais carenciados, contando esta iniciativa, também, com o apoio direto de colaboradores, que voluntariamente se disponibilizem para tal.

Como já vem sendo habitual, a empresa pretende proporcionar um almoço natalício aos cerca de 300 sem-abrigo das zonas de Santa Apolónia, Gare do Oriente, Terreiro do Paço, Campo das Cebolas, Cais do Sodré, Av. Almirante Reis e S. Jorge de Arroios.

Esta iniciativa, integra a estratégia de Responsabilidade Social da empresa, que tem como objetivo a melhoria contínua da atividade do Metropolitano de Lisboa, contribuindo para a sustentabilidade e para o bem-estar social dos seus trabalhadores, clientes e comunidade em geral.

__________

Sobre o C.A.S.A

O C.A.S.A. (www.casa-apoiosemabrigo.org) é uma entidade de solidariedade social, que tem por missão promover e desenvolver ações comunitárias de abordagem aos fenómenos de pobreza e exclusão social, dando prioridade a intervenções junto de pessoas marginalizadas e de fracos recursos económicos, com particular incidência na população sem-abrigo.

Das várias atividades que leva a cabo, destaca-se a distribuição de vestuário e refeições quentes, 365 dias por ano, a indivíduos socialmente carenciados em diversos pontos do país (Lisboa, Porto, Coimbra, Setúbal, Faro, Cascais e na Região Autónoma da Madeira).

A determinação e compromisso de todos os que colaboram com a C.A.S.A. têm sido decisivos, já que, face à conjuntura que o país atravessa, a instituição recebe cada vez mais solicitações.