HomeActualidadeEducação & FormaçãoMais de 35 000 portugueses formados em competências digitais pelo Atelier Digital

Mais de 35 000 portugueses formados em competências digitais pelo Atelier Digital

main header (1).png

ATELIER DIGITAL TERMINA PRIMEIRO ANO DE ATIVIDADE COM MAIS DE 35.000 PORTUGUESES FORMADOS EM COMPETÊNCIAS DIGITAIS

 

Formação presencial regressa em março de 2018  na cidade de Setúbal

Formação online continua disponível e inclui mais três novos módulos de aprendizagem

 

Lisboa, 8 Fevereiro 2018 – Desde o seu lançamento em Dezembro do 2016, 35.115 portugueses foram já treinados em competências digitais nas formações on-line e nas sessões presenciais que decorreram em 2017 nas cidades de Lisboa, Setúbal, Leiria, Aveiro, Porto e Peniche.

 

Estamos muito entusiasmados com os resultados obtidos em 2017 que revelam bem o interesse dos portugueses por este tipo de formação e a sua importância numa economia cada vez mais digital. Por outro lado, estes resultados fantásticos renovam também as nossas expectativas para 2018 de querermos fazer mais e ainda melhor e mantendo o desígnio de pretendermos continuar a ser um motor de crescimento para Portugal e para a Europa” diz Francisco Ruiz Anton, Director de Assuntos Institucionais da Google Portugal e Espanha.

 

De acordo com o Ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral, “O Governo, quando lançou o Programa Indústria 4.0, reconheceu a importância de mobilização da sociedade portuguesa para os desafios da digitalização. Em particular, o reforço da formação em matéria de competências digitais é um dos pilares deste Programa, com vista a acelerar a introdução de tecnologia na economia e de responder ao desafio da competitividade das empresas. Esta aposta deve resultar de um esforço conjunto, tanto de instituições públicas como de empresas privadas. Nesse sentido, a iniciativa da Google ‘Atelier Digital’ comprova o enorme entusiasmo do País em tirar partido das competências digitais e o empenho desta multinacional na sua presença em Portugal.”

 

“A literacia digital, a programação, a aquisição de competências digitais, em geral, contribui para aumentar a participação dos cidadãos num mundo crescentemente digital, em que a utilização intensiva das TIC domina progressivamente todas as dimensões da atividade humana. Esta era digital constitui uma combinação de desafios e oportunidades, suscitando, neste contexto, um esforço de formação e capacitação, e um expressivo investimento no plano científico e tecnológico. A aposta da Google tem sido inequívoca quanto ao caminho a seguir, sendo a iniciativa do Atelier Digital um exemplo da aposta no conhecimento, com a estreita colaboração das instituições de ensino superior. O número expressivo de cidadãos que participaram e concluíram a iniciativa do Atelier Digital reforça o esforço prosseguido pelo XXI Governo, no sentido da mobilização nacional para a aprendizagem de competências digitais e para posicionar Portugal no grupo de topo dos países europeus nesta área, em particular através da Iniciativa Nacional Competências Digitais e.2030, Portugal INCoDE.2030” afirma Maria Fernanda Rollo, Secretária de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior.

 

O projeto Atelier Digital, conta com o apoio da Secretária de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, do Conselho Coordenador dos Institutos Superiores Politécnicos e da SIC Esperança.

 

O projeto da Google visa formar os portugueses (com ou sem formação académica, empregados ou desempregados) em competências digitais e de forma gratuita, dotando-os das ferramentas necessárias para aproveitarem as oportunidades da digitalização da economia e a contribuir para fomentar o empreendedorismo em Portugal.

 

Exemplos bem-sucedidos são os casos  de Romina Fernandes e Raquel Gonçalves. Romina Fernandes participou no  curso de Marketing Digital presencial em Setúbal no passado mês de Abril. O curso do Atelier Digital proporcionou-lhe as bases essenciais para seguir em frente e aprendeu mais sobre marketing digital. Romina começou a trabalhar como Digital Marketeer para a CENTURY 21 Espanha e Portugal e actualmente está envolvida em dois processos de recrutamento, para a posição de Digital Marketer para uma outra empresa do ramo imobiliário e para a posição de SEO / Social Media Account numa empresa de um grupo de media. Por sua vez, Raquel Gonçalves, designer gráfica e de comunicação, decidiu realizar o curso  presencial em Peniche. Através de todo o conhecimento adquirido decidiu criar o seu próprio negócio e inaugurou o Axon Studio, uma empresa que atua no setor de design gráfico e comunicação, web design, programação e marketing digital que, actualmente, possui 4 clientes permanentes e está numa excelente fase de crescimento.  

 

No mês de Dezembro, foram acrescentados 3 novos módulos de aprendizagem (Planear a sua estratégia empresarial online; Começar a utilizar o marketing de conteúdo e Transformar dados em informações) bem como dois módulos adicionais (Aumentar a produtividade no trabalho; Introdução à Aprendizagem Automática) à formação online, passando agora a totalizar 26 módulos que cobrem diferentes áreas do marketing digital, como por exemplo, pesquisa, e-mail, redes sociais, redes display, vídeo, e-commerce, web analytics, dispositivos móveis, internacionalização, entre outros. A formação baseia-se em tutoriais em vídeo seguidos de actividades. No final, os formandos terão disponível um teste que lhes permitirá obter uma certificação reconhecida pela IAB Europe.

 

Já a formação presencial irá continuar a ter como tema central o Marketing Digital e inclui formação em otimização para motores de pesquisa (SEO), marketing para motores de pesquisa (SEM), marketing nas redes sociais e mobile, análise de Web e Internacionalização conciliando teoria e prática. No final, e após testes com aproveitamento, cada formando recebe um certificado. A primeira formação presencial de 2018 terá lugar de 28 de Fevereiro a 02 de Março no Instituto Politécnico de Setúbal.

 

De acordo com a Comissão Europeia, vão surgir, nos próximos anos, mais de 820.000 vagas em competências digitais e as empresas com maior probabilidade de sucesso e crescimento serão aquelas que possuam competências digitais. Porém, os mesmos estudos revelam que 90% das empresas europeias não possuem competências digitais apesar de as considerarem um fator de vantagem competitiva. Em Portugal, os indicadores apontam que mais de metade da população portuguesa denota falta de competências digitais.

 

À semelhança do ano anterior, em 2018, a formação presencial em competências digitais vai continuar decorrer em paralelo com a formação online. Através do site do Atelier Digital qualquer interessado pode registar-se e continuar a fazer formação online à sua medida, a obter certificação ou inscrever-se na formação presencial, sendo que ambas são gratuitas.

Sobre a Alphabet Inc.

Larry Page e Sergey Brin fundaram a Google em Setembro de 1998. Desde essa altura, a empresa cresceu e conta com mais de 50.000 colaboradores em todo o mundo e possui uma vasta e conhecida gama de produtos e plataformas, tais como Pesquisa, Maps, Ads, Gmail, Android, Chrome e YouTube. Em Outubro de 2015, Alphabet tornou-se a empresa holding da Google. Saiba mais acerca da missão da Alphabet aqui.

 

Legenda da Imagem ( da esquerda para a direita)

 – Pró-Reitora, Universidade Nova de Lisboa

 – Prof. Doutor Pedro Dominguinhos como Presidente do Instituto Politécnico de Setúbal

 – Bernardo Correia, Country Manager Google Portugal

– Manuel Caldeira Cabral, Ministro da Economia

– Francisco Ruiz Anton, Director de Assuntos Institucionais da Google Portugal e Espanha

– Patrícia Farinha, Diretora Executiva SIC Esperança

– Prof. Dr. Nuno Mangas, presidente do Conselho Coordenador dos Institutos Superiores Politécnicos

– Gonçalo Paiva Dias, Vice Reitor da Universidade de Aveiro

Tags