HomeTecnologiaCibersegurançaDia Internacional da Mulher: Kaspersky Lab quer diminuir a diferença entre géneros na cibersegurança

Dia Internacional da Mulher: Kaspersky Lab quer diminuir a diferença entre géneros na cibersegurança

 
A empresa destaca a importância de encorajar e incentivar as mulheres a seguirem carreiras na área de IT 
 
  • São cada vez mais as mulheres que têm, nos últimos anos, vindo a ocupar importantes cargos no mundo dos negócios, tornando-se role models para as gerações mais novas
  • O relatório destaca alguns factos interessantes sobre o porquê de a cibersegurança continuar a ser uma carreira de difícil entrada para as mulheres

 


De acordo com o relatório, as mulheres que entram em cibersegurança enfrentam uma realidade dura, estando muitas vezes sozinhas numa sala cheia de homens – o que pode ser uma das principais razões que as leva a não seguir uma carreira nesta área. É importante destacar que a falta de mulheres pode criar um efeito de bola de neve: quanto menos mulheres existirem na área de segurança IT, maior é a probabilidade que outras percam o interesse em entrar na mesma. O Estudo Global de Trabalhadores de Segurança da Informação de 2017, levado a cabo pelo (ISC) e pelo seu Centro para Cibersegurança e Educação, revelou que 42% dos participantes concorda que é importante existir um role model do mesmo género na carreira do seu interesse. De facto, metade das mulheres entrevistadas preferem trabalhar num ambiente igualmente dividido entre ambos os sexos.

 

Em criança, estava fascinada por puzzles e jogos de tabuleiro, o que originou a minha paixão pela programação e eventualmente uma carreira como investigadora de segurança. Enquanto parte da Equipa de Análise e Investigação Global (GReAT) da Kaspersky Lab, tenho a possibilidade de investigar ciberataques sofisticados e de descobrir APTs, campanhas de ciberespionagem, malware, ransomware e outras ameaças em conjunto com os melhores investigadores. O meu trabalho requer não só conhecimentos técnicos mas também persistência, criatividade e colaboração para pensar de forma diferente e acompanhar os hackers,” disse Noushin Shabab, Investigador Sénior de Segurança na Kaspersky Lab.

 

 

 

 



doc icon 180308-Dia-Internacional-da-Mulher-Kaspersky-Lab-quer-diminuir-a-diferença-entre-géneros-na-cibersegurança_VF.docx