HomeActualidadeAmbienteGreen Tech Challenge – “Green Shark Tank” volta a Lisboa

Green Tech Challenge – “Green Shark Tank” volta a Lisboa

 

Green Tech Challenge vem pela segunda vez a Portugal ajudar a revolucionar o mundo dos negócios verdes, tornando-os sustentáveis e lucrativos

Lisboa, 13 de março de 2018 – A segunda edição portuguesa da Green Tech Challenge terá lugar entre 18 e 21 de Março no edifício da Microsoft em Lisboa e contará com 13 startups que apresentarão soluções inovadoras na área do ambiente e sustentabilidade a um conjunto de investidores com vista a uma injeção de capital que pode ir até aos 5 milhões de euros. Desde 2015, ano da fundação da empresa com um evento em Copenhaga, este conceito tem ganho uma dimensão global – em 2018 tem já agendados 9 “challenges” em diversas cidades europeias e a estreia na China – e já proporcionou a mais de 70% das startups participantes um investimento médio de cerca de 500 mil euros.

 


 

Antes dos esperados pitchs, que terão lugar no dia 21 de março, os empreendedores escolhidos terão 3 dias de formação com vários parceiros das áreas de Direito de Ambiente e Energia, Marketing, Contabilidade, Tecnologia, Consultoria de Gestão e Relações Públicas – tais como a Microsoft, J. Pereira da Cruz, Telles, Nobre Guedes, Mota Soares & Associados, Canela PR, Miranda, BBS, WINNING Management Consulting, FollowUs, entre outros.

Haverá também tempo para momentos de inspiração com keynote speakers de renome tais como Leandro Pereira, CEO da WINNING Management Consulting, Paulo Lemos, ex- secretário de Estado do Ambiente) e Michael Suhr, Embaixador da Dinamarca em Portugal.

O formato do evento não contempla uma competição, pelo que o objetivo é dar ferramentas a todas as startups para que possam desenvolver e melhorar os vários aspectos inerentes ao negócio e no Dia do Investidor estejam preparados para enfrentar os investidores, entre os quais Navas Angeles e Busy Angeles,  ao estilo “Green Shark Tank”.

Martin Peterson, co-founder do Green Tech Challenge , comenta que “a nossa estratégia está de mãos dadas com a nossa filosofia – fazer dos negócios verdes, bons negócios.  Há sem dúvida um lado filantrópico no nosso conceito do qual nos orgulhamos e satisfaz-nos igualmente contribuir para a evolução de ideias com potencial para negócios altamente rentáveis.”

Frederik van Deus e Martin Peterson deram o mote para o primeiro evento, em 2015, que juntou startups, investidores e mentores, com o objetivo de que as startups apresentassem os seus trabalhos e contassem a sua história. Desde o primeiro evento em Copenhaga já passaram por cidades como Berlim, Helsínquia e Londres, tendo realizado o primeiro evento em Portugal no ano passado – com um impacto tão positivo que a empresa se mudou no início do ano da Dinamarca, onde nasceu o negócio, para Lisboa. Este ano a grande novidade é a chegada à China, com evento agendado para Shangai.

Devido à grande adesão quer de negócios quer de investidores, o calendário de 2019 está já a ser delineado e prevêem-se mais novidades como Nova Iorque, Shangai, São Paulo e Cidade do Cabo, numa estimativa total de 21 cidades. “Das 14 startups em 2015 prevemos passar para mais de 100 durante este ano entre a Europa e a China, sendo que prevemos quase duplicar a dimensão em 2019 com mais eventos e em mais regiões do mundo como África e Américas. Tão pouco tempo depois de termos apenas uma ideia que ia ao encontro dos nossos valores, estamos radiantes de nós próprios crescermos enquanto organização”, comenta outro dos co-fundadores Martin Peterson.

A entrada para assistir ao Dia do Investidor é gratuita através de inscrição prévia. O evento terá lugar entre as 14h e as 18h no edifício da Microsoft em Lisboa.

Lista de startups Green Tech Challenge Lisboa 2018

1. Agro Insider: soluções para maior rendimento e sustentabilidade da atividade agrícola;

2. Bee2FireDetection, deteção automática de incêndios em estágios iniciais até 15 km de alcance;

3. Ecoticket: Investigação e desenvolvimento de têxteis e superfícies bio activas;

4. Electric Rent & Advertising: plataforma de activação de marcas com base em meios de transporte eléctricos;

5. Farmcloud: solução de gestão omnipresente e em tempo real para a produção pecuária

6. Fish n’ Greens: negócio de sustentabilidade ambiental e de produção de alimentos saudáveis que utilizam somente métodos biológicos;

7. Nesto: solução digital para as botijas de gás;

8. Planetiers: plataforma e-commerce sustentável;

9. SailSide: plataforma de aluguer de barcos peer-to-peer;

10. SPAWNFOAM: empresa de biotecnologia para o desenvolvimento de biomateriais com atenção ao design.

11. Tarento Robotics: soluções de robótica

12. UOU Mobility: bicicleta eléctrica

13. WeDoTech: investigação, Desenvolvimento e Inovação (IDI) e consultoria técnica nas áreas de Engenharia do Ambiente, Engenharia Alimentar e Engenharia Química