HomeNotíciasGeralQUE DIAGNÓSTICO PARA O ESTADO DA SAÚDE EM PORTUGAL?

QUE DIAGNÓSTICO PARA O ESTADO DA SAÚDE EM PORTUGAL?

“O GRANDE POTENCIAL DE DESENVOLVIMENTO DA SAÚDE”

ANÁLISE SOBRE A SAÚDE EM PORTUGAL DIA 25 DE MAIO NA UPT


No próximo dia 25 de maio, às 11h, Luís Portela dará voz ao seminário organizado pela Universidade Portucalense “O grande potencial do desenvolvimento da Saúde”, inserido no ciclo de seminários “Os Caminhos da Economia Nacional”.

 

Numa altura em que são debatidas as condições de trabalho dos profissionais do SNS vale a pena relembrar que desenvolvimento a saúde em Portugal anda a ter.

 

“A saúde que se faz em Portugal faz-se bem, o que aqui se procura demonstrar, depois de um enquadramento ao setor, que tem o mais longo ciclo de inovação e os maiores investimentos em I&D a nível global”, afirma o presidente da Bial.

 

Em termos de investimento, Portugal recebeu valores avultados e que foram empregues em trabalhos de investigação que conquistaram destaque nas melhores revistas da área.

 

“As ciências médicas e da saúde representam atualmente 28% da produção científica nacional” e a prestação de cuidados de saúde melhorou substancialmente”, reforça o presidente de um dos maiores grupos farmacêuticos ibéricos.

 

A economia da saúde tem evoluído, com algumas empresas portuguesas a investirem em inovação e internacionalização.

A Bial tem vindo a investir cerca de 20% do seu volume de negócios e, hoje, cerca de 70% das suas vendas são feitas em 57 países.

O presidente do gigante farmacêutico acredita que a saúde em Portugal tem um grande potencial de desenvolvimento, “sobretudo se for conseguida a transferência do muito conhecimento acumulado nos institutos de investigação e nas Universidades para as empresas”.

 

DOWNLOAD | PRESS RELEASE

 

NOTAS PARA O EDITOR

 

A Universidade Portucalense Infante D. Henrique (UPT) é um estabelecimento de ensino superior cooperativo que iniciou a sua atividade em 1986.

A UPT funciona exclusivamente na cidade do Porto, no pólo Universitário da Asprela, com Ensino e Investigação nas seguintes áreas: Direito, Economia, Gestão, Marketing, Informática, Psicologia, Educação, Turismo e Hospitalidade, Património e Cultura, e Relações Internacionais.