HomeNotíciasGeralBrisa partilha tempos médios de viagem durante obra na A1

Brisa partilha tempos médios de viagem durante obra na A1

Brisa Autoestradas de Portugal Logo PNG

 

 

Reduzir o risco de trânsito na entrada e saída de Lisboa

 

A Brisa instalou um dispositivo de informação ao automobilista, para o ajudar a tomar decisões e reagir a eventuais congestionamentos de trânsito, provocados pelos trabalhos a realizar na A1, entre Sacavém e Vila Franca de Xira, durante os próximos meses.

 

Como a Brisa noticiou na passada semana, arrancaram esta semana os trabalhos de recondicionamento do separador central de betão armado, na A1, Auto-estrada do Norte, entre Sacavém e Vila Franca de Xira, ao longo de 23,9 quilómetros.

A empreitada destina-se ao recondicionamento de um total de 3,2 quilómetros de separador central, e vão ocupar uma faixa de 8,5 quilómetros, em quatro locais de obra diferentes, devendo estar concluídos em setembro.

Nos quatro locais de obra vão ser feitos cortes da faixa esquerda de rodagem, em ambos os sentidos e de forma permanente, garantidas duas faixas de rodagem em cada sentido, ate ao final dos trabalhos.

Com o planeamento dos trabalhos, o bom tempo previsto e a ajuda das férias escolares, a Brisa acredita que durante na maioria das horas, nos dias úteis, o trânsito entre Sacavém e Vila Franca de Xira irá decorrer sem complicações, durante o verão.

Apesar de tudo e para as horas de ponta, antecipando o risco de congestionamento de trânsito nas entradas e saídas de Lisboa durante os meses de verão, a Brisa colocou no terreno uma campanha de informação ao automobilista, baseada na partilha de informações sobre tempos médios de percurso, de forma a prestar a cada automobilista a melhor informação possível para, em caso de congestionamento, nas entradas e saídas de Lisboa pela A1, se poderem escolher os melhores percursos alternativos.

A informação sobre os tempos médios de percurso, com locais de destino estratégicos, será partilhada pela Brisa, durante os picos de trânsito, nos períodos da manhã e de final de tarde, nos dias úteis, através de um conjunto de canais de comunicação que serão os seguintes:

       – Alertas de Trânsito na plataforma Via Verde;

       – Painéis de Mensagem Variável (PMVs) Brisa, na autoestrada.

Em paralelo com este serviço flexível, com informação sobre tempos médios dos percursos, a Brisa colocou no terreno uma campanha de comunicação, para informar os automobilistas sobre os trabalhos em curso, a sua natureza, duração e benefícios posteriores, que vai ser divulgada nos suportes de outdoor, folhetos entregues nas portagens e através da imprensa, nas rádios, televisões, jornais e meios on-line.

Recorde-se que esta intervenção da Brisa na A1 tem uma dupla complexidade:

– Pela primeira vez na sua infraestrutura rodoviária, a Brisa vai recorrer a um separador central (ou New Jersey) contínuo – solução com segurança acrescida para utilizadores da autoestrada e de maior estabilidade construtiva, relativamente ao separador descontínuo.

– Como elemento adicional de complexidade, nos sublanços onde a Brisa vai realizar este trabalho pioneiro, existe um desnível considerável entre os pisos dos dois sentidos de trânsito. Por este motivo, o separador que a Brisa vai instalar tem um perfil assimétrico, com uma altura diferente da base ao topo de cada lado do New Jersey.

A Brisa agradece a compreensão face a eventuais inconvenientes, motivados pelos trabalhos, que se destinam a melhorar as condições de circulação na A1, A9 e A10, e apela para uma condução mais prudente e atenta, na passagem pelo local, durante o período de obras.

Para informação atualizada, poderá ainda consultar o site www.viaverde.pt

 

 

 

pdf icon 080-BCR-dmi-18.pdf