HomeTecnologiaCibersegurançaFalhas de segurança na Cloud colocam estratégias de transformação digital em risco

Falhas de segurança na Cloud colocam estratégias de transformação digital em risco

 
Kaspersky Lab descobre, no seu estudo mais recentemente realizado, que os custos para as empresas, associados às falhas de segurança de dados, ultrapassam os $1.2 milhões de dólares 
 
  • O sucesso dos projetos no âmbito da transformação digital está a ser abrandado pelo receio do impacto e do aumento dos custos que advêm das falhas de segurança associadas aos “dados on-the-go”
  • De acordo com a nova investigação elaborada pela Kaspersky Lab, armazenar dados, de forma segura, na cloud continua a representar novos desafios para as empresas, com os incidentes de cibersegurança relacionados com ambientes da cloud e proteção de dados a revelarem-se os mais dispendiosos nos últimos 12 meses
  • Num esforço para permitir a transformação digital sem comprometer a segurança, as empresas estão agora a priorizar o investimento em IT
  • Em 2018, até 26% do orçamento de IT das empresas está a ser alocado à cibersegurança, numa redefinição do papel estratégico da proteção dos dados corporativos

 

Custos associados às falhas de segurança de dados aumentam

O panorama, no início deste ano, da economia de segurança corporativa IT revela o impacto que a cibersegurança teve no perfil de uma empresa. Com as consequências de uma falha de segurança na proteção de dados a tornarem-se cada vez mais dispendiosas e destrutivas nos últimos 12 meses, as empresas viram-se obrigadas a enfrentar uma realidade perturbadora: em 2018, para PMEs, o custo médio de uma falha de segurança atingiu os $120 mil dólares, mais 36% que em 2017 ($88 mil dólares). Para grandes empresas, o aumento foi de cerca de 24%, com o impacto médio financeiro a atingir os $1.23 milhões.  

 

Incidentes mais caros e uma crescente preocupação sobre os “dados on the go

Este aumento dos prejuízos é uma preocupação das empresas no atual contexto de transformação digital em que vivemos, onde as infraestruturas cloud continuam a crescer em proporção com a percentagem de empresas (45%) e de PMEs (33%) que já aumentou ou planeia aumentar a utilização de clouds híbridas nos próximos 12 meses.

 

Para apoiar as alterações dinâmicas do seu modelo de negócios e aumentar a eficiência, as empresas estão a adotar a mobilidade de negócio e da cloud. A cibersegurança tornou-se não apenas num item nas contas de IT mas numa questão que preocupa a administração de uma empresa, independentemente da sua dimensão, e numa prioridade ao nível dos negócios, evidenciado pelo aumento dos investimentos em segurança IT. As empresas esperam um forte retorno do seu investimento à medida que os riscos aumentam: além dos já tradicionais associados à cibersegurança, muitas empresas têm agora de enfrentar, por exemplo, pressões regulatórias crescentes”, disse Maxim Frolov, Vice-Presidente de Vendas Globais na Kaspersky Lab.