HomeActualidadePorto de Sines recebeu alunos da Escola Náutica e Academia MSC

Porto de Sines recebeu alunos da Escola Náutica e Academia MSC

Alunos dos Curso de Gestão Portuária e de Pilotagem da ENIDH – Escola Superior Náutica Infante D. Henrique e da Academia MSC/ENIDH visitaram hoje o Porto de Sines para conhecer o funcionamento do maior porto do país em volume de carga movimentada.

 

Na receção, o Presidente da APS – Administração dos Portos de Sines e do Algarve, José Luís Cacho, apresentou a evolução da movimentação de mercadorias, os principais fatores de competitividade e os projetos de expansão previstos para o Porto de Sines.

 

Os alunos tiveram ainda oportunidade de conhecer em detalhe várias vertentes operacionais do Porto de Sines, com destaque para o Centro de Controlo de Tráfego, Sala de Planeamento e Quartel de Bombeiros, antes de visitarem os terminais portuários.

 

A ENIDH é uma importante entidade de formação superior nos domínios da gestão portuária com a qual a APS mantém uma excelente relação de cooperação, pretendendo-se que estas visitas contribuam para um maior suporte prático aos conceitos académicos apreendidos.

 

 

 

Sobre a APS — Administração dos Portos de Sines e do Algarve, S.A

A APS é a entidade responsável por assegurar o exercício das competências necessárias ao regular funcionamento do Porto de Sines e dos Portos comerciais de Faro e de Portimão nos seus múltiplos aspetos.

O Porto de Sines é um porto de águas profundas, líder nacional na quantidade de mercadorias movimentadas e apresenta condições naturais ímpares na costa portuguesa para acolher todos os tipos de navios. Dotado de modernos terminais especializados, pode movimentar os diferentes tipos de mercadorias, está aberto ao mar e conta com excelentes acessibilidades marítimas sem constrangimentos.

É o principal porto na fachada ibero-atlântica, cujas características geofísicas têm contribuído para a sua consolidação como ativo estratégico nacional, sendo, por um lado, a principal porta de abastecimento energético do país (petróleo e derivados, carvão e gás natural) e, por outro, posiciona-se já como um importante porto de carga geral/contentorizada com elevado potencial de crescimento para ser uma referência ibérica, europeia e mundial.