HomeNotíciasGeralCEIIA APRESENTA AYRCREDITS EM FÓRUM EMPRESARIAL NAS NAÇÕES UNIDAS

CEIIA APRESENTA AYRCREDITS EM FÓRUM EMPRESARIAL NAS NAÇÕES UNIDAS

FÓRUM EMPRESARIAL DE ALTO NÍVEL SOBRE DESENVOLVIMENTO
SUSTENTÁVEL REALIZA-SE HOJE NA SEDE DA ONU

 

O CEiiA – Centro de Engenharia e Desenvolvimento de Produto (www.ceiia.com) vai apresentar o projeto AYRCredits no âmbito do SDG Business Forum, o principal fórum empresarial associado aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) protagonizados pela Organização das Nações Unidas e que terá lugar na Sede da ONU, hoje em Nova Iorque.

O convite ao centro de engenharia português partiu do Departamento de Assuntos Económicos e Sociais da ONU, da Câmara de Comércio Internacional e o Pacto Global das Nações Unidas e é o reconhecimento de um projeto que pretende incentivar a adoção de comportamentos sustentáveis pelos cidadãos, ao mesmo tempo que cria um mercado de bens e serviços verdes em espaço urbano que se pretende que possa ganhar uma dimensão internacional.

A acumulação de AYRCredits baseia-se em emissões de CO2 poupadas que advêm da adoção de comportamentos de mobilidade sustentáveis pelos cidadãos, sendo estes créditos de carbono trocados por bens e serviços

“Será uma oportunidade única para, junto de representantes de governos, da sociedade civil e do setor privado de mais alto nível que se reúnem em Nova York, uma entidade portuguesa como CEiiA apresentar um projeto completamente disruptivo e alinhado com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável”, defende Gualter Crisóstomo, diretor de sustentabilidade do CEiiA.

O protótipo da carteira virtual de AYRCredits foi desenvolvido pelo CEiiA utilizando tecnologia blockchain, que permite a validação das transações efetuadas. O objetivo da criação deste conceito de créditos sobre emissões poupadas é o de, numa primeira fase, promover hábitos de mobilidade de baixo carbono benéficos para o ambiente, considerando que nos centros urbanos 40% das emissões de gases com efeito de estufa provêm de atividades associadas à mobilidade.

“Os AYRCredits são uma nova forma para transacionarmos, guardarmos ou valorizarmos créditos sobre emissões poupadas de CO2. Colocado de outra maneira, é uma forma de recompensarmos e incentivarmos comportamentos ambientalmente responsáveis. Por outro lado, estamos a criar as bases para o surgimento de um mercado de produtos verdes facilmente internacionalizável”, explica ainda o responsável.

O CEiiA, referência internacional na monitorização de mobilidade de baixo carbono, junta-se, agora, a parceiros que têm a sustentabilidade como um dos seus principais pilares de inovação para dar um contributo estratégico em linha com os objetivos do Acordo de Paris, assinado internacionalmente no âmbito da Convenção-Quadro das Nações Unidas (ONU) sobre Alterações Climáticas.

“Os AYRCredits reproduzirão, numa primeira fase, a lógica de funcionamento de uma carteira virtual (apresentada num formato de aplicação). O objetivo é que, num futuro próximo, poupanças de CO2 provenientes das mais diversas atividades possam ser transformadas na emissão de AYRCredits. Este será um primeiro passo para democratizarmos o acesso ao mercado de carbono, permitindo que a poupança de emissões de CO2 possa ser trocada por bens e serviços no quotidiano”, garante.

O que é o SDG Business Forum 2018

O SDG Business Forum é principal fórum empresarial associado aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável terá lugar na Sede das Nações Unidas, em Nova Iorque, no dia 17 de Julho de 2018.
Organizado pelo Departamento de assuntos Económicos e Sociais da ONU, pela Câmara de Comércio Internacional e pelo Pacto Global das Nações Unidas, este encontro pretende ser uma plataforma única de múltiplas partes (Estados e Setor Privado) interessadas para apoiar ações empresariais e parcerias para alcançar os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU.
Este Forum pretende também promover diálogos público-privados, catalisar novas parcerias e alianças e explorar soluções empresariais inovadoras para acelerar o desenvolvimento sustentável.
O Fórum Empresarial será realizado em complemento do Fórum Político de Alto Nível de 2018, da ONU, sob o tema: “Transformação para sociedades sustentáveis e resilientes”.

Os Objetivos de Desenvolvimento Suntentável que estarão em análise são: Objetivo 6: Água Limpa e Saneamento; Objetivo 7: Energia Acessível e Limpa; Objetivo 11: Cidades e comunidades sustentáveis; Objetivo 12: Consumo Responsável e Produção; Objetivo 15: Vida na Terra; Objetivo 17: Parcerias para os objetivos.

Sobre o CEiiA e a sua ligação à ONU:
O CEiiA é um Centro de Engenharia e Desenvolvimento de Produto que concebe, desenvolve e opera produtos e serviços nas indústrias de mobilidade, nomeadamente Automóvel e Mobilidade Urbana, Aeronáutica, Mar e Espaço, com presença em vários países da Europa e da América Latina.

O CEiiA é um dos cinco (5) maiores investidores de I&D em Portugal. É atualmente uma referência internacional na área da mobilidade sustentável e reconhecido no mundo aeronáutico pelas suas competências em engenheira e de engenharizar a criatividade.

Neste percurso de sucesso, a sustentabilidade organizacional sempre esteve presente, nomeadamente na dimensão ambiental, económica e social. É a nossa forma de estar e de realizar projetos que nos tem diferenciado nos vários mercados internacionais e que sido uma referência para as Nações Unidas.

Vejamos:
2014 – COP 20 Lima (Perú) – A ONU considera a Plataforma mobi.me uma referência na quantificação, em tempo real, da pegada ecológica associada à mobilidade;
2015 – COP 21 Paris (França) – A ONU reafirma a importância da plataforma mobi.me para a quantificação em tempo real da pegada ecológica associada à mobilidade;
2016 – Making Goals Global Business – O United Nations Global Compact considera o CEiiA uma referência na área da indução de inovação, associada com os Obetivos de Desenvolvimento Sustentável;
2017 – Breakthrough Innovation Plataform para os ODS – O United Nations Global Compact convida o CEiiA a ser uma das 10 empresas do Conselho Consultivo da Breakthrough Innovation Plataform que tem por objetivo desenvolver novos modelos de negócio disruptivos associados a tecnologias como Biga data, IoT, blockchain
2018 – O Roteiro e o Guia Prático de sustentabilidade para as empresas – O United Nations Global Compact convidou o CEiiA a ser uma das 15 empresas mundiais a definer um roteiro e um guia prático de sustentabilidade para as empresas com carácter inovador. O objective deste roteiro/guia prático é induzir os ODS ao longo do processo de desenvolvimento de produtos e serviços. A primeira reunião destas empresas a nível mundial decorreu no CEiiA, no mês de Maio do presente ano;

2018 – Orador no SDG Business Forum – O Departamento de Assuntos Económicos e Sociais da ONU, a Câmara de Comércio Internacional e o Pacto Global das Nações Unidas convidaram o CEiiA para apresentar o AYRCREDITS. Este projeto, para além de incentivar a adoção de comportamentos sustentáveis pelos cidadãos, cria um mercado de bens e serviços verdes em espaço urbano que se pretende que possa ganhar uma dimensão internacional. A acumulação de AYRCredits baseia-se em emissões de CO2 poupadas que advêm da adoção de comportamentos de mobilidade sustentáveis pelos cidadãos, sendo estes créditos de carbono trocados por bens e serviços.
www.sdgbusinessforum.org

DOWNLOAD | PRESS RELEASE

NOTAS PARA O EDITOR

O CEiiA é um Centro de Engenharia e Desenvolvimento de Produto que concebe, desenvolve e opera produtos e serviços nas indústrias de mobilidade, nomeadamente Automóvel e Mobilidade Urbana, Aeronáutica, Mar e Espaço, com presença em vários países da Europa e da América Latina.
O CEiiA é um dos 10 maiores investidores de I&D em Portugal. É atualmente uma referência internacional na área da mobilidade sustentável e reconhecido no mundo aeronáutico pelas suas competências em engenheira de estruturas.
Tem evoluído em torno da identificação de oportunidades e da indução de grandes programas estruturantes para Portugal, envolvendo a indústria, as universidades e o universo das startups. Com o objetivo de contribuir para um novo modelo económico e industrial em Portugal, tem liderado programas como o KC-390 da Embraer, onde foi responsável por alguns dos principais módulos desde a fase de design até à certificação num total, até ao momento, mais de 500 mil horas de engenharia.

ÁREAS E PRINCIPAIS PROJETOS


No Automóvel e Mobilidade, o CEiiA desenvolve novos conceitos de mobilidade que envolvem novos devices, novos serviços de mobilidade e novos modelos de negócio mais sustentáveis para as cidades.
> mobi.me – É uma plataforma agnóstica de gestão de mobilidade para as cidades, que integra todo o tipo de objetos de mobilidade em tempo real, permitindo a gestão e operação de vários serviços de mobilidade partilhada e on-demand (transportes púbicos, automóveis, bicicletas e motas) de forma integrada os transportes públicos urbanos. Está presente em mais de 70 cidades em todo o mundo com 400 mil utilizadores e com clientes como a UBER e a Cooltra, a maior rede europeia de scooter sharing. É, ainda, a primeira que permite contabilizar em tempo real as emissões de CO₂ poupadas, e reconhecida pelas Nações Unidas (ONU). Face ao trabalho na mobilidade sustentável, o Global Compact das Nações Unidas convidou o CEiiA a ser uma das entidades mundiais a coordenar a iniciativa Breakthrough Innovation.
> BE – É um veículo interativo com funções autónomas desenhado para ser um agregador de serviços de mobilidade, está a ser desenvolvido pelo CEiiA, em parceria com a TMG e várias empresas e universidades.
> Buddy  – É um veículo com motorização 100% elétrica e um dos mais pequenos do mundo (e por isso escolhido como exemplo de sustentabilidade no filme Downsizing, a estrear em Fevereiro de 2018, no qual é conduzido pelo ator Matt Damon). A nova geração Buddy foi desenvolvida no CEiiA em 2009 para a ElbilNorge da Noruega e contou com 30 mil horas de engenharia portuguesa.
Na Aeronáutica, o CEiiA desenvolve programas de grande dimensão com construtores internacionais, desde as fases preliminares de design até à certificação de aeroestruturas. Destacam-se, neste âmbito, o KC-390 da Embraer; vários projetos da Leonardo (LYNX, AW 101, AW 189, AW149, AW609, entre outros, com equipas em Itália e em Inglaterra); o Falcom SMS da Dassault (França) e o SKY da Marenco (Suíça).
> KC-390 –  É o maior avião da EMBRAER (3.º maior construtor do mundo) e o maior programa de engenharia desenvolvido em Portugal. Correspondeu até ao momento a mais de 500 mil horas de engenharia do CEiiA, realizadas por 170 engenheiros de 9 nacionalidades a trabalhar em pico a partir de Portugal. O CEiiA liderou a participação nacional com a OGMA e é responsável pelo desenvolvimento e certificação de três aeroestruturas – sponson, leme de profundidade, e a fuselagem central.

No Mar e Espaço, o CEiiA desenvolve sistemas de observação e monitorização do mar profundo (equipamentos colaborativos e sistemas de gestão de dados), associados às oportunidades da extensão da plataforma continental e de forma integrada com o projeto do Air Centre – Atlantic International Research Centre.  É parceiro de revelo nos principais consórcios nacionais neste âmbito, como é o caso do OCeantech e do INFANTE, que irá colocar em orbita o primeiro microssatélite modular 100% português.
> MEDUSA – É um AUV (Autonomous Underwater Vehicle) desenvolvido por um consórcio nacional, liderado pelo CEiiA, sendo o primeiro com capacidade para ir até três mil metros de profundidade.
> Marcas não-invasivas – O CEiiA desenvolveu um sistema de marcação não invasivo para jamantas e tubarões, que está em fase de produtização, numa parceria com o IMAR – Instituto do Mar e a televisão britânica BBC. As tags fornecem informações em tempo real sobre profundidade, temperatura e posição GPS e podem conter diferentes sensores como câmaras. O resultado poderá ser visto num documentário da BBC, que foi para o ar em Fevereiro de 2018.

PRINCIPAIS PARCEIROS E REDES
Os parceiros do CEiiA incluem alguns dos principais construtores e operadores globais das indústrias da mobilidade como a Embraer, Leonardo (antiga AgustaWestland), Dassault, Volkswagen, Siemens, BMW, ITAIPU Binacional, COPEL, entre outros e um conjunto significativo de empresas e centros de conhecimento nacionais (Instituto Superior Técnico de Lisboa (IST), Universidades do Porto (FEUP) e do Minho (UMinho), entre outras) e internacionais (Cranfield (UK); Carnegie Mellon (EUA); ITA (Brasil); VKI (Bélgica); entre outras).
O CEiiA é membro de redes internacionais de conhecimento da aeronáutica e mobilidade, caso da EREA (European Research Establishment in Aeronautics), do eMi3 (eMobility ICT Interoperability Innovation Group). É membro do IFBEC (International do Forum on Business Ethical Conduct for the Aerospace and Defence Industry) e apoia a United Nations Global Compact.
OUTRAS REFERÊNCIAS
Volume de negócios: 16M€ em 2017 (mercado internacional 70%).
Total de engenheiros: 250 (o maior empregador de engenheiros aeronáuticos e aeroespaciais em Portugal). O CEiiA é a Entidade com maior volume de despesa em atividades de I&D em 2016, segundo o último Inquérito ao Potencial Científico e Tecnológico Nacional (IPCTN).