HomeTecnologiaCibersegurançaImpressoras, eSport e criptomoedas: o novo relatório da Kaspersky Lab sobre ataques DDoS revela os novos (e velhos) alvos

Impressoras, eSport e criptomoedas: o novo relatório da Kaspersky Lab sobre ataques DDoS revela os novos (e velhos) alvos

  • A Kaspersky Lab publicou o seu relatório sobre ataques DDoS com recurso a botnets durante o segundo trimestre de 2018

 

  • Durante os últimos três meses, os investigadores da empresa descobriram que os hackers recorreram a vulnerabilidades antigas, utilizaram câmaras e impressoras para levar a cabo ataques DDoS, alargaram a sua lista de vítimas e monetizaram os seus esforços recorrendo a criptomoedas

 

No segundo trimestre de 2018, botnets de DDoS atacaram recursos online em 74 países. Pela primeira vez, desde que há registo, Hong Kong entrou no top três de países mais atacados, ocupando o segundo lugar com 17% do total de ataques DDoS com auxílio a botnets, um número cinco vezes superior ao registado anteriormente. A China e os EUA ocupam, respetivamente, o primeiro e terceiro lugar, enquanto a Coreia do Sul desceu para a quarta posição. Os recursos mais atacados em Hong Kong foram os serviços de alojamento de sites e plataformas de cloud. No entanto, e neste segundo trimestre, Hong Kong foi substituída pelo Vietname no top 10 de países de origem dos servidores C&C mais ativos. Este ranking é liderado pelos EUA, responsáveis por quase metade (45%) de todos os botnets e servidores C&C ativos durante o período analisado.

 

A atividade de botnets DDoS com base em sistemas operativos Windows diminuiu em quase sete vezes, enquanto a atividade de botnets Linux aumentou em 25%. Estes representam quase 95% de todos os ataques registados neste período, o que originou também um aumento drástico do número de ataques SYN flood – de 57% para 80%.

 

“Há diversas razões na origem de um ataque DDoS – protestos políticos ou sociais, vingança pessoal, competição, entre outros. No entanto, e na maioria dos casos, são utilizados para ganhar dinheiro, razão pela qual os hackers atacam grandes empresas e serviços. Ataques DDoS podem ser utilizados como uma camuflagem para roubar fundos ou exigir um pagamento para o término do ataque. As quantias de dinheiro resultantes destes ataques ou extorsões podem atingir os milhares de dólares, às vezes mesmo milhões. Nesse contexto, a proteção contra ataques DDoS apresenta-se como um ótimo investimento,” comenta Alexey Kiselev, Gestor de Projeto na equipa de DDoS Protection da Kaspersky Lab.

 

doc icon 180730-Novo-relatório-da-Kaspersky-Lab-sobre-ataques-DDoS.docx