HomeActualidadeGreve: Atividade do Porto de Sines decorre dentro da normalidade

Greve: Atividade do Porto de Sines decorre dentro da normalidade

_APS logo principal

Atividade do Porto de Sines decorre dentro da normalidade

Apesar da greve não têm sido registadas quaisquer paragens ou atrasos nas operações portuárias

 

A greve convocada pelo SEAL – Sindicato dos Estivadores e da Atividade Logística, que teve início às oito horas do passado dia 13 de agosto, não tem tido qualquer impacto na atividade do Porto de Sines, decorrendo as operações portuárias dentro da normalidade, sem registo de paragens ou de quaisquer atrasos.

Enquanto autoridade portuária, a APS – Administração dos Portos de Sines e do Algarve, SA mantém-se atenta aos desenvolvimentos desta situação, empenhada, como sempre, na preservação da paz laboral do Porto de Sines.

Sobre a APS — Administração dos Portos de Sines e do Algarve, S.A

A APS é a entidade responsável por assegurar o exercício das competências necessárias ao regular funcionamento do Porto de Sines e dos Portos comerciais de Faro e de Portimão nos seus múltiplos aspetos.

O Porto de Sines é um porto de águas profundas, líder nacional na quantidade de mercadorias movimentadas e apresenta condições naturais ímpares na costa portuguesa para acolher todos os tipos de navios. Dotado de modernos terminais especializados, pode movimentar os diferentes tipos de mercadorias, está aberto ao mar e conta com excelentes acessibilidades marítimas sem constrangimentos.

É o principal porto na fachada ibero-atlântica, cujas características geofísicas têm contribuído para a sua consolidação como ativo estratégico nacional, sendo, por um lado, a principal porta de abastecimento energético do país (petróleo e derivados, carvão e gás natural) e, por outro, posiciona-se já como um importante porto de carga geral/contentorizada com elevado potencial de crescimento para ser uma referência ibérica, europeia e mundial.