HomeNotíciasGeralReabertura do átrio Sul da estação Anjos

Reabertura do átrio Sul da estação Anjos

                                                                                                                                                         

COMUNICADO DE IMPRENSA

 


 

Reabertura do átrio Sul da estação Anjos

 

Metro prossegue com plano de modernização das suas estações

 

 

O Metropolitano de Lisboa já abriu o átrio Sul da estação Anjos na linha Verde que passa, agora, a estar dotado de melhores condições para os seus clientes, numa estação que serve mensalmente cerca de 440.000 passageiros. 

 

Esta intervenção enquadrou-se no plano de investimentos em curso desde 2017, com vista a modernizar a rede do Metro.

 

Regressando aos horários habitualmente estabelecidos, o átrio Sul da estação Anjos mantém-se aberto todos os dias entre as 06h30 e as 01h00, ou seja, durante o período normal de exploração do Metro.

 

O átrio Sul esteve encerrado desde o dia 17 de julho para obras de beneficiação e intervenções de refrescamento da estação que tinham um prazo estimado de 45 dias. Os trabalhos decorreram a nível de pavimentos, tetos, superfícies vidradas e equipamentos diversos. Durante esse período, os clientes tiveram acesso pleno à utilização do átrio Norte dessa estação.

 

Importa referir que, com a reabertura deste átrio, a estação Anjos passa, também, a ser mais uma alternativa de acesso à estação Arroios, encerrada temporariamente para obras de ampliação e melhoramentos.

 

A estação Anjos é uma das três estações pertencentes à segunda fase do primeiro escalão da construção da rede do Metropolitano de Lisboa. Foi inaugurada oficialmente no dia 28 de setembro de 1966, tendo-se mantido até à data na traça original, com arquitetura do Arquiteto Keil do Amaral e intervenção plástica de Maria Keil, à exceção das obras de ampliação do cais de 2 para 4, e de 4 para 6 carruagens.

O Metropolitano de Lisboa reafirma o seu esforço no sentido de continuar a promover a mobilidade sustentável seguindo os melhores padrões de qualidade, segurança e eficácia económica, social e ambiental, através da aposta em novas formas de fidelização no empenho no reforço da melhoria contínua da qualidade do serviço de transporte diariamente prestado aos seus Clientes.