HomeActualidadeGOVERNO, MUNICÍPIOS E EMPRESAS DISCUTEM FUTURO DAS CIDADES

GOVERNO, MUNICÍPIOS E EMPRESAS DISCUTEM FUTURO DAS CIDADES

VII CONGRESSO IBÉRICO DE MOBILIDADE E ENERGIA

 GOVERNO, MUNICÍPIOS E EMPRESAS DISCUTEM FUTURO DAS CIDADES

Debate entre muncipios de Porto e Lisboa abre o Congresso
Quem vai assegurar a distribuição de energia elétrica para os automóveis em Portugal?
Leitura de Matrículas no estacionamento vs nova Lei de Proteção de Dados
Empresas como EDP, ANA, Empark, CEiiA, TAP vão expor as suas ideias de futuro
Souto Moura e Aires Mateus encerram com debate sobre arquitetura e Mobilidade

As cidades do futuro, as mais avançadas tecnologias de estacionamento inteligente e os inovadores meios de transportes públicos são os temas quentes que vão estar em cima da mesa quando os autarcas dos maiores municípios nacionais e os grandes operadores do setor de Portugal e Espanha se reunirem no VII Congresso Ibérico de Energia e Mobilidade, nos dias 8 na Alfândega do Porto e dia 9 na Casa da Arquitetura, em Matosinhos.

O Congresso conta com a participação de especialistas em diferentes áreas, decisores políticos, autarcas e técnicos dos municípios e das empresas municipais.

Contará também com a experiência de empresas de concessão, gestão e exploração dos estacionamento públicos e privados e estacionamento tarifado na via pública e ainda com empresas de fabrico e fornecimento de equipamentos de gestão, tecnologia, aplicações e fornecimento de energia ligadas ao setor do estacionamento.

“Trata-se de uma grande oportunidade para as empresas privadas  do setor do estacionamento,  empresas municipais de mobilidade e estacionamento e municípios, poderem debater abertamente as preocupações comuns e encontrarem melhores soluções e práticas com vista a um melhor estacionamento e mobilidade nas cidades Ibéricas”, afirma Paulo Nabais, presidente do Congresso.

Destaque para o CEiiA (Centro de Engenharia e Desenvolvimento de Produto), a Siemens Mobility, a Empark e a espanhola SABA, que abordarão temas relacionados com o desenvolvimento de tecnologias de ponta para estacionamento inteligente, associados à engenharia, tecnologia e inovação.

A participação de várias empresas, entre as quais a EDP, TAP e ANA vão também abordar de forma objetiva os grandes desafios que a cidades enfrentam em matéria de gestão dos transportes públicos em Portugal.

O debate sobre a nova lei de Proteção de Dados adivinha-se como bastante importante, sobretudo com a gestão do estacionamento através da leitura de matrículas.

O evento termina no dia 9 na Casa da Arquitetura – Centro Português de Arquitectura, em Matosinhos, para uma abordagem mais centrada na Arquitetura e Mobilidade, com destaque para o debate entre Souto Moura e Aires Mateus.

Podem ainda ser consultado mais detalhes sobre o programa em cime-porto.com.

Tags