HomeActualidadeMetro promove visita à estação Chelas pelo Artista Jorge Martins

Metro promove visita à estação Chelas pelo Artista Jorge Martins

                                                            

COMUNICADO DE IMPRENSA

 


 

Metro promove visita guiada à estação Chelas pelo Artista Jorge Martins

10 outubro |11:00 horas

 

No âmbito do seu 70.º aniversário, que se assinala ao longo de 2018, o Metropolitano de Lisboa prossegue com várias iniciativas de animação nas estações, entre as quais se inclui o programa de visitas a diversas estações da sua rede.

Em parceria com a Az – Rede de Investigação em Azulejo, a próxima visita será à estação Chelas, no dia 10 de outubro, pelas 11 horas, com a presença de Jorge Martins, o artista plástico que intervencionou a estação.

Esta visita insere-se nas comemorações do Mês do Azulejo, um projeto piloto que envolve as entidades Museu Nacional do Azulejo, Laboratório Nacional de Engenharia Civil e a Rede de Investigação em Azulejo (ARTIS-IHA/FLUL), em parceria com o Metropolitano de Lisboa.

Para beneficiar desta experiência, é necessário a prévia inscrição dos interessados, no site da Az – Rede de Investigação em Azulejo, http://redeazulejo.fl.ul.pt/  tendo a visita um limite máximo de 25 participantes.

 

A estação Chelas na linha Vermelha inaugurou em 1998, por ocasião da abertura da Expo’98. A intervenção plástica de Jorge Martins constitui um trabalho de grande vulto já que implicou a conceção do revestimento em azulejo de toda a área da estação, inclusive das enormes colunas do cais. Esta estação dispõe de um duplo pé direito com grandes superfícies de alçados que proporcionaram ao artista o desenvolvimento do seu trabalho criando um efeito estético de volume nos painéis de azulejos, uma novidade reforçada por iluminação própria.

 

O Metropolitano de Lisboa continua, assim, a promover a transversalidade cultural junto dos cidadãos estabelecendo parcerias e protocolos de cooperação com diversas instituições com vista a fomentar o interesse e a motivação para os aspetos culturais que se revelem de especial qualidade e que se pretendem sejam amplamente difundidos, reafirmando, igualmente, a promoção da mobilidade sustentável, através da aposta em diversas formas de fidelização e de captação de novos clientes.