HomeCulturaArtePortuguese Jewellery X MAAT: Joalharia portuguesa de autor em destaque na loja do museu

Portuguese Jewellery X MAAT: Joalharia portuguesa de autor em destaque na loja do museu

Portuguese Jewellery X MAAT:

Joalharia portuguesa de autor em destaque na loja do museu

 

A AORP e o MAAT unem-se para dar a conhecer sete jovens criadores que representam a nova joalharia portuguesa. Além de apresentarem as suas coleções em nome próprio na loja, os designers irão desenvolver uma edição exclusiva inspirada no museu.

6 de dezembro de 2018 – Arte, arquitetura, tecnologia. A joalharia portuguesa projeta-se hoje em dia como uma forma de expressão criativa, onde a tradição da técnica e os metais nobres se fundem com novas perspetivas, texturas e materiais. Onde tudo é matéria-prima para a criação.

A AORP – Associação de Ourivesaria e Relojoaria de Portugal associa-se ao MAAT – Museu de Arte, Arquitetura e Tecnologia para apresentar, na loja do museu, sete jovens criadores que redefinem os códigos da joalharia portuguesa.

Joana Santos, Vangloria, Ana Pina, Kathia Bucho, Mater Jewellery Tales, Romeu Bettencourt e Dalila Gomes foram os designers selecionados para integrar a iniciativa “Portuguese Jewellery X MAAT: Matéria-prima”. De forma rotativa, as sete marcas de autor estarão individualmente, pelo período de dois meses, à venda na loja do MAAT, juntando-se às duas marcas residentes, Maria Avillez e Leonor Silva. 

A seleção representa a nova geração de joalheiros, que aliam a tradição da arte a novos conceitos contemporâneos de design. Para Fátima Santos, Secretária-Geral da AORP, “a joalharia portuguesa ganhou novos protagonistas. Provenientes de áreas muito diversas, como arquitetura, arte, design e até marketing e publicidade, trazem à joalharia portuguesa novas ferramentas e matérias-primas, não só de forma literal, porque gostam de experimentar novos materiais, mas sobretudo a nível de conceitos e abordagens influenciados pela sua formação, experiência e assinatura pessoal.”

O projeto irá culminar com a criação de uma coleção exclusiva, inspirada no edifício do MAAT, um projeto da arquiteta britânica Amanda Levete, que foi já distinguido a nível internacional por prémios como Best Museum Architecture of the Year e o Best of Best Iconic Awards 2017.

“Esta parceria com o MAAT tem uma dupla missão: por um lado, dar palco aos novos designers, que têm aqui uma montra para o mundo, mas também criar um desafio coletivo que mostre como a joalharia portuguesa é neste momento muito versátil e multifacetada, com propostas para todos os gostos, como tanto preconizamos na nossa campanha internacional Portuguese Jewellery À La Carte”.

Recorde-se que, em 2017, a AORP associou-se ao Museu de Serralves no Porto, com a criação de uma coleção exclusiva inspirada na arquitetura do museu e casa de Serralves. A iniciativa “Portuguese Jewellery Serralves Special Edition” uniu seis marcas e esteve em exposição e à venda durante um ano na loja do museu.

 

Calendário Portuguese Jewellery X MAAT

Joana Santos Jewellery – dez 18/jan 19

Vanglória Jewellery Design – fev/mar

Ana Pina – abr/mai

Kathia Bucho Jewelry – jun/jul

Mater Jewellery Tales – ago/set

Romeu Bettencourt – out/nov

Dalila Gomes Jewellery – dez 19/jan 20

 

Em anexo envio comunicado de imprensa com informação detalhada de cada autor.

Imagens das coleções e da exposição + designers no MAAT, disponíveis em: bit.ly/PortugueseJewellery_MAAT  

doc icon PR_Portuguese-Jewellery-x-MAAT.doc


Tags