HomeLifestyleAcessóriosCinco dicas para correr no Inverno

Cinco dicas para correr no Inverno

Lisboa, 27 de fevereiro de 2019 – Portugal tem um clima ameno, mas os Invernos cada vez mais húmidos e rigorosos, exigem que os aficionados na prática desportiva exterior, principalmente corrida, conheçam as maneiras de tornar os treinos mais práticos e fáceis e igualmente atraentes. A Garmin@ preparou as cinco dicas que ajudá-lo-ão a enfrentar o frio, que ainda se tem feito sentir, e a manter o prazer na prática de corrida diária.

Várias Camadas de roupa
Brinque com as camadas de roupa que são necessárias para sentir-se confortável. Nos treinos de exterior, quanto mais leve melhor. Quanto menos camadas de roupa melhor nos sentimos, mas no Inverno tal não é possível. Estas camadas de roupa própria para o desporto, leve e tecnologicamente avançada, que protegem do vento e da chuva, mas não impedem a saída do suor, são ideais.  Brinque com as suas roupas e conjugações. Inclua collants, leggings ou calções e umas meias altas de lã com suportes próprios para corrida que vão facilitar os seus movimentos; na parte superior do corpo, uma camisola interior, uma camisola polar, um casaco forrado de lã, e corta-vento impermeável, pescoceiras, aquecedores para as orelhas e um bom par de luvas. A maioria da roupa exterior tem cores refletoras, o que aumenta a segurança para treinos em períodos nocturnos ou nas primeiras horas da manhã. Embora boas roupas de corrida possam ser caras, o investimento é fundamental para se certificar de que permanece quente resistente a gripes e constipações. Pode usar o equipamento mais algumas vezes durante a semana, porque pode não suar muito, podendo apenas alternar com a roupa interior. E, lembre-se de levar sempre uma muda de reserva, para ir embora com o corpo seco ou para o caso da temperatura descer ainda mais.

Engrenagens e luzes refletoras
Os meses de inverno geralmente significam escuridão durante a maior parte das horas disponíveis para a corrida. Convém não se esquecer de usar um colete refletor e uma luz caso esteja a correr em estrada e quando estas não estão bem iluminadas.

Não tenha medo de dizer “não” a correr no exterior
A maioria dos aficionados de corrida preferem correr no exterior, em cidade, beira-rio, ou zonas pedonais próprias para a prática de desporto, mas por vezes, o exterior está com gelo, e a prática do desporto torna-se demasiado perigosa. Não tenha medo de arranjar alternativas indoor, onde a prática desta atividade é igualmente satisfatória e livre de riscos desnecessários que podem colocar em causa a sua próxima maratona ou aquela corrida especial para a qual tem treinado. Se a prática indoor for difícil de encontrar, então, faça a passadeira. A resistência é posta em prática e poderá aproveitar para brincar com os níveis de esforço e com diferentes ritmos.

Corra com um amigo ou use o LiveTrack
Se há mau tempo ou está escuro, é sempre difícil motivar-se para sair e correr. Saber que um amigo está dependente de si mantê-lo-á responsável e rigoroso. Também não faz mal ter alguém quem contar caso algo falhe ou necessite de ajuda, ou simplesmente para a sua selfie de resultados. Se preferir correr sozinho, ou não tiver ninguém com quem partilhar esta prática desportiva, a função Garmin LiveTrack pode ser uma ótima ferramenta para usar. Pode partilhar o link com os seus dados com pessoas específicas, para que possam ver onde está e as suas estatísticas.

Use o seu Garmin para monitorizar os seus dados
E sabia que os equipamentos Garmin têm um aplicativo meteorológico para que possa ver qual a temperatura exterior, para medir a sua pulsação e os seus níveis de oxigénio? Esta pode ser uma maneira rápida de preparar-se e estar monitorizado. O nosso corpo reage de maneira diferente em diferentes temperaturas e é importante monitorizar e acompanhar a evolução da sua corrida e perceber os graus de dificuldade sentidos. E a análise da sua frequência cardíaca é o indicador perfeito disso!

Tags