HomeActualidadeHá 21 anos o Metro de Lisboa alterou o nome de quatro estações

Há 21 anos o Metro de Lisboa alterou o nome de quatro estações

Há 21 anos o Metro de Lisboa alterou o nome de quatro estações

1 de março de 1998 / 1 de março de 2019

 

O Metropolitano de Lisboa procedeu, no dia 01 de março de 1998, pela primeira e única vez, à alteração do nome de quatro estações da sua rede, cujas designações se encontravam descontextualizadas face aos locais onde as mesmas se encontram, à época, implementadas.

O objetivo desta alteração prendeu-se com o facto de se atribuir os nomes às estações de acordo com a forma como os locais à superfície eram denominados e conhecidos pela população em geral.

Neste sentido, a antiga estação Sete Rios passou a denominar-se Jardim Zoológico, a estação Rotunda  passou a designar-se por Marquês de Pombal, Palhavã foi rebatizada como Praça de Espanha e a estação Socorro passou a denominar-se Martim Moniz.

Em março de 1998, a rede do Metro contava apenas com 30 estações, três linhas (Amarela, Azul e Verde) e 21,1 km de extensão. A linha Vermelha foi inaugurada em maio desse mesmo ano, por ocasião da feira Expo’98.

Em 21 anos a rede do metro cresceu mais do dobro e atualmente, o Metropolitano de Lisboa dispõe de uma rede com 44,5 km de extensão, composta por quatro linhas e 56 estações, seis de correspondência entre linhas e 21 estações de interface entre outros operadores públicos e privados de transporte.

O Metropolitano de Lisboa reafirma, assim, o seu objetivo no sentido de continuar a promover a mobilidade sustentável, dando prioridade a zonas de elevada densidade para captação de novos clientes, seguindo os melhores padrões de qualidade, segurança e eficácia económica, social e ambiental.

______________________

Para informações adicionais contactar:
Metropolitano de Lisboa | Helena Taborda 962 408 939 / helena.taborda@metrolisboa.pt

Unimagem | Margarida Guimarães 969 660 270 / assessoria@unimagem.pt