HomeActualidadeEmpresaSabe quanto vale? Adecco apresenta o guia salarial pessoal

Sabe quanto vale? Adecco apresenta o guia salarial pessoal

Lisboa, 21 de março de 2019 –Uma das questões mais importantes que um candidato a emprego irá colocar a si próprio é “quanto é que eu espero ganhar?”. Independentemente de estar a candidatar-se a um novo cargo ou a renegociar o contrato para o atual, tem de saber a resposta desta questão se tenciona sair com a remuneração que merece. A Adecco Portugal, apresenta o guia salarial pessoal que ajudará a definir qual o seu valor salarial.
 
Existem muitos fatores a ter em consideração e recursos disponíveis para ajudá-lo a responder a esta questão. E claro, existem muitas coisas que pode fazer para melhorar o seu valor, começando hoje.
 
A experiência vai delinear a sua carreira futura e os rendimentos
É importante ter em consideração as suas ambições, os seus objetivos e onde quer estar. Desta forma pode orientar a sua experiência para os setores de atividade e as áreas profissionais que são do seu interesse específico, ou onde as suas vantagens e o seu valor, são superiores.
 
A sua experiência prática específica, bem como uma mais ampla experiência no setor são fatores a considerar. A primeira é aplicável amplamente: pode melhorar as suas hipóteses de passar de um setor para o outro, talvez para aqueles que os salários médios são superiores. A experiência no setor pode apenas ser relevante para um setor específico, mas pode-lhe facilitar o acesso às funções superiores na tabela salarial. Pense no quanto as suas competências e a sua experiência são transferíveis, ou em que setor estas são mais valorizadas.
 
A educação e as qualificações diferenciam-no no mercado de trabalho.
Ao alcançar uma qualificação numa área de especialização, o seu valor profissional irá subir substancialmente. Lembre-se que a(s) sua(s) ‘educação e qualificações’ não são apenas graus que alcançou na escola ou na universidade. As empresas despendem elevados montantes na formação dos funcionários, em forma-los em software específico, ou em técnicas específicas do setor. Estas formações são mais-valias para o seu atual empregador, mas também para os potenciais novos empregadores. Paralelamente, considere as suas ambições, os seus objetivos e onde quer estar.  Fale com alguém que tenha conseguido o cargo. Que educação, qualificações e formações são necessários?
 
O desempenho é um fator primordial
A maior parte dos empregadores acompanha de perto o desempenho dos seus funcionários, e o seu empregador atual estará ciente do quão bem esteve – ou não– nos últimos meses. Se alcançou metas, cumpriu os objetivos, motivou a sua equipa, formou outros e simplesmente teve uma atitude boa, isto irá aumentar substancialmente o seu valor.  O efeito do seu desempenho, no seu valor, pode ser indicado por feedback do seu diretor e dos seus colegas e o seu desempenho em metas e objetivos acordados. Procure obter revisões periódicas e feedback do seu diretor e estabeleça metas e objetivos formais.
 
Deverá trabalhar para que a perceção que têm de si seja real
Tudo supramencionado não tem sentido se ninguém está realmente a reparar qual o retorno que está a trazer para a empresa nem nos seus esforços em crescer. Para algumas coisas é fácil – um certificado ou menção no seu CV – para outras terá de trabalhar mais arduamente. Visibilidade e exposição são dois ingredientes chave.  Terá que tornar os responsáveis pela tomada de decisões conscientes dos seus sucessos ou serão ignorados. Conheça aqueles que são os intervenientes no seu futuro. E trabalhe a imagem que eles têm de si.
 
Responsabilidade
Quanto mais pessoas tiverem de prestar contas a si, ou quanto mais amplo for o objetivo da sua função, mais elevado será o seu nível de responsabilidade e supostamente melhor a sua remuneração. Se tiver competências de liderança de pessoas e equipas, direcione-se para cargos onde outros têm de prestar contas a si. Caso contrário, tente sempre ampliar o objetivo da sua função. Considere se as suas responsabilidades têm mudado desde a sua última entrevista.
 
Conhecimento único de mercados, processos e sistemas específicos é altamente valorizado. E este tipo de conhecimento é fundamental para conseguir criar um departamento, marca, sistema ou processo.  Claro, isto pode ser uma faca de dois gumes. Se uma promoção ou uma transferência o retirar da sua área de especialização, pode encontrar maior resistência à sua progressão. De forma semelhante, o seu conhecimento pode ser demasiado especializado para ser transferível para cargos de outros funcionários. Decida se quer manter ou partilhar qualquer conhecimento único que tenha.
 
Geografia e sector
Duas pessoas a fazerem o mesmo trabalho em duas partes distintas do país, ou em dois setores diferentes, pode ser retribuido de maneira muito distinta. Isto pode acontecer por o salário máximo para uma cidade poder ser superior do que para outra.

Tags