HomeActualidadeOs exames nacionais estão à porta

Os exames nacionais estão à porta

 

Procura de explicações cresce 27% em relação a 2018


O terceiro período letivo já começou e restam poucas semanas até ao fim das aulas. Quem tem filhos a estudar, sabe a importância de apoiá-los nesta última fase do ano para que consigam atingir resultados de sucesso.

 

Para os alunos do 9º ano, junho significa a preparação para os exames nacionais de português e matemática, que contam 30% para a nota final da disciplina. Mas os resultados de 2018 assustam os educadores, demonstrando que mais de metade dos alunos chumbaram a matemática e só 35,7% conseguiram uma média superior a 60%. Em relação à língua portuguesa, as notas negativas abrangem 13% dos estudantes, sendo que 87% dos estudantes conseguiram um resultado igual ou acima dos 50%.

 

Quando chegamos aos exames nacionais do secundário, os alunos do 11º e 12º precisam de se preparar com maior afinco, visto que as notas contam para a média de acesso ao ensino superior. Aqui, os resultados também não têm sido brilhantes: Matemática foi a disciplina com maior taxa de reprovação e História A foi a que obteve a pior média nacional – 9,5 valores.

As matérias são muitas das vezes complexas e com o dia-a-dia atarefado dos pais, existe uma solução: as explicações. É nesse sentido que aFixando, plataforma online portuguesa de prestação de serviços, disponibiliza, em todos os distritos, profissionais experientes e disponíveis para ajudar os seus filhos a atingir melhores resultados. Quando comparamos os dados da Fixando com o período homólogo de 2018, verifica-se um aumento de 27% na procura deste tipo de serviços por parte dos portugueses.

Este ano, as explicações de matemática do ensino secundário é a categoria de explicações que mais pedidos registou na plataforma até agora.

 

Na categoria “aulas” poderão encontrar-se diversos tipos de explicações: preparação para os Exames Nacionais, de uma forma mais generalista, ou em específico por disciplina e ciclo de estudo (1º, 2º, 3º ciclo ou secundário). O preço médio das explicações situa-se entre os 12 os 16 euros à hora.

Sobre a Fixando
A Fixando (www.fixando.pt) é a plataforma online de origem portuguesa que facilita a contratação de serviços locais. Através da sua plataforma web e mobile, bem como da sua APP, a Fixando ajuda os utilizadores a simplificar o processo de contratação de um determinado serviço, quer se trate da contratação de um Eletricista, um profissional de Remodelações, um serviço de Catering, um Fotógrafo ou um Contabilista. Existem mais de 1.200 categorias de serviços disponíveis. Para os profissionais, pequenas empresas e freelancers, a Fixando torna-se numa ferramenta privilegiada para a angariação de mais clientes e consequentemente o aumento do volume de negócios.

Lançada no mercado em janeiro de 2017, a Fixando está já atualmente a operar em 14 países: Portugal, Alemanha, Áustria, Suíça, Espanha, México, Chile, República Dominicana, Irlanda, Nova Zelândia, Singapura, Austrália, Reino Unido e Canadá.

Em 2018, a Fixando foi distinguida com o prémio Portugal 5 estrelas, tendo vencido na categoria “Plataforma online de contratação de serviços” e também com o prémio ACEPI Navegantes XXI, onde venceu na categoria de Melhor Inovação Digital do ano. Já em 2019, a Fixando voltou a ser premiada com o prémio Portugal 5 Estrelas, sendo considerada pelo 2º ano consecutivo como a melhor “Plataforma online de contratação de serviços”.