HomeActualidadeA Queima de Coimbra teve uma cor: amarelo Beirão

A Queima de Coimbra teve uma cor: amarelo Beirão

 

Houve capas pretas, chapéus de finalista e muitos chapéus de palha. Houve maestros, DJs, música para todos os gostos. Houve celebração, brindes, juras de amizade eterna, desejos para o futuro. Houve diversão e, claro, muito Beirão. As celebrações da Queima das Fitas de Coimbra, a mais emblemática festa académica do País, foram tudo isto e muito mais: foi mesmo Beirão à primeira vista!

 

59996590_2236304569750314_6696604547114074112_n.jpg

 

Na Tenda Beirão, por onde passaram milhares de pessoas, a música foi uma constante durante os dias (e sobretudo as noites) de festa. Esta foi rainha, embalada pela música do DJ Martinez, Quim das Remisturas, Saídos da Casca, Carolina Torres, Tiago Bandeiras, Pegadinha, Insert Coin, Garotas de Ipanema ou Alpha Heroes que cantaram e, escusado será dizer, encantaram quem por lá passou.

 

À boleia nos Tuk Tuk Beirão, os estudantes chegaram em estilo ao espaço e foram recebidos pela mascote Beirão, que fez as honras da casa. As celebrações foram em tons de amarelo, a verdadeira cor da festa. Até porque Beirão com Beirão se paga!

 

59867192_2236303886417049_6907548588797067264_n.jpg

 

No Baile de Gala o traje foi a rigor e a bebida à altura da ocasião. O licor mais famoso de Portugal serviu de anfitrião, com um bar de paragem obrigatória para quem quis experimentar os melhores cocktails.

 

Os copos reutilizáveis Beirão também fizeram grande sucesso junto dos estudantes que, depois de muitos brindes, se tornaram objeto de coleção para recordar os momentos passados na tenda mais animada da Queima com muito Licor Beirão. Puro, com gelo, com morangos ou água tónica, mas sobretudo com os amigos.

59986565_2236308579749913_7805301924525244416_n.jpg

 

 

Sobre o Licor Beirão

Foi em 1929 que nasceu o Licor Beirão, o Licor de Portugal. Começa com uma história de amor e torna-se numa marca de referência em Portugal conhecida pela sua forma irreverente e divertida de comunicar, em que se destaca a parceria com Manuel João Vieira – “O que é se bebe aqui?”. Feito através de uma seleção de treze especiarias e plantas aromáticas e baseado numa receita secreta da família Redondo, o Licor Beirão é conhecido por acompanhar as conversas dos portugueses e por estar mesmo em toda a parte.

 

 

Mais imagens no seguinte link: https://we.tl/t-OvaQa9YpAr