HomeActualidadePorque é que ás férias são importantes na cultura das empresas

Porque é que ás férias são importantes na cultura das empresas

Lisboa, 16 de maio de 2019 – Muitas são as empresas nas quais ainda hoje se premeiam os colaboradores que vão de férias com o portátil e o telemóvel, que verificam os seus e-mails, respondem e trabalham durante esse período. Isto é o que ainda é esperado em algumas empresas.

Mas, de acordo com a Adecco, especialista na área de recursos humanos e trabalho, o tempo pessoal desconectado do trabalho, ou PTO – Personal Time Off – é fundamental para o bom “equilíbrio vida/trabalho”. Existem formas de o fazer, sendo a mais eficaz, as viagens para locais remotos.

Qual ou quais as vantagens? Simples, a desconexão obriga ao descanso, melhora a saúde e bem-estar emocional, gera maior capacidade de foco, dá melhor capacidade de prioritização, mais confiança na equipa de trabalho, e o regresso torna-se mais desejado!

De acordo com estudos relativos ao mercado de trabalho, a geração millennial queixa-se que muitas vezes sofre de esgotamento no trabalho. Os estudos revelam também que os funcionários que experienciam o esgotamento são 63% mais propensos a tirar um dia de baixa e 2 – 3 vezes mais propensos a deixar o seu empregador atual.
Por isso, a Adecco alerta que as empresas que querem manter os seus funcionários que têm melhor desempenho– e se querem que continuem a ser produtivos e eficientes – devem incutir uma cultura de Personal Time Off.

E se luta por tirar e aproveitar verdadeiramente as suas férias pagas (PTO), a Adecco destaca os quatro princípios que não devem ser esquecidos:

  1. Não há problema em desligar; dê essa permissão a si próprio
  2. Tire tempo para si para renovar energias e revitalizar;
  3. Foque-se na sua saúde e no seu bem-estar;
  4. Ao tirar o tempo para desligar-se estamos mais ligados ao trabalho

Quer seja um empregador quer seja um colaborador, tirar uma folga do trabalho deve ser um marco na cultura de qualquer empresa.