HomeNotíciasGeralTrabalhadores do Metro de Lisboa doam 50 colmeias a apicultores do concelho de Oliveira do Hospital

Trabalhadores do Metro de Lisboa doam 50 colmeias a apicultores do concelho de Oliveira do Hospital

Projeto REDE – Renascer, Erguer, Dedicar, Envolver

 

Por ocasião dos incêndios florestais, que, em outubro de 2017, assolaram o nosso País e deixaram concelhos inteiros devastados, foi desenhado o projeto REDE, que visava ajudar a Renascer e a Erguer as áreas afetadas, através da Dedicação e do Envolvimento das Comunidades.

 

Neste contexto o Metropolitano de Lisboa, em parceria com a CREATE IT, lançou, no ano de 2018, a plataforma REDE [http://www.redesolidaria.pt/] que pretende ligar os que mais precisam com aqueles que, de forma voluntária, queiram ajudar, assegurando, ainda, a transparência destes processos, através da publicitação online das doações.

 

Esta plataforma é um mercado solidário digital, criado com o objetivo de ligar, com a máxima transparência, os doadores (toda a comunidade, sejam particulares ou entidades coletivas, públicas ou privadas) e as entidades beneficiárias (como autarquias, IPSS, ONG, etc.) que registam na plataforma os bens e serviços necessários à população que auxiliam, permitindo o cruzamento da informação das necessidades sentidas, de bens e de serviços, com as potenciais doações.

Dando seguimento ao projeto, a empresa ajudou o Concelho de Oliveira do Hospital, entregando bens identificados como necessários na referida plataforma, para apoiar os produtores de queijo da serra e agrupamentos escolares.

Posteriormente, foi lançado um desafio à comunidade de trabalho para a angariação de verbas, por desconto no vencimento dos trabalhadores, que permitiram a aquisição de 50 colmeias e enxames para doação a apicultores do referido concelho, lesados pelos incêndios, o que contou com o apoio do Conselho de Administração da empresa.

 

Este desafio foi colocado no portal interno da empresa, numa lógica de gamification, em que cada colmeia representava uma das 50 estações de metro, permitindo a doação de qualquer valor.

 

Foi um projeto com um sucesso assinalável, graças ao envolvimento e empenho da comunidade de trabalho, tendo, em apenas 40 dias, sido angariados 5.610,00€, projeto que mereceu um prémio atribuído pelo Observatório de Comunicação Interna.

 

A importância das abelhas no ecossistema é indiscutível, estando a verificar-se um decréscimo considerável destes animais, agravado com os incêndios que os têm devastado, bem como a vegetação que lhe serve de alimento.

 

Assinalando-se no dia 20 de maio o Dia Mundial da Abelha, a missão dos trabalhadores do Metropolitano de Lisboa foi cumprida, tendo as colmeias e os respetivos enxames sido entregues, no dia 18 de maio, a apicultores do referido concelho.

Este projeto foi objeto de um protocolo celebrado entre o Metropolitano de Lisboa, o Município de Oliveira do Hospital e a Cooperativa Agropecuária da Beira Central, entidade local fornecedora das colmeias e enxames.

 

O Metropolitano de Lisboa prossegue, com o apoio a este projeto, a sua política de responsabilidade social, contribuindo, de uma forma positiva, para o bem-estar da comunidade envolvente, melhorando a mobilidade e promovendo estilos de vida saudáveis.

 

 

A Unimagem compromete-se em respeitar a confidencialidade e segurança dos seus dados pessoais.

Para continuar a receber as nossas comunicações não precisa fazer nada.

Caso pretenda remover os seus dados poderá fazê-lo neste link.

pdf icon REDE-ML.PDF