HomeActualidadeO que precisamos de saber sobre as mutações genéticas BRCA e o cancro?

O que precisamos de saber sobre as mutações genéticas BRCA e o cancro?

logosBRCA.png

INFORMAÇÃO DE AGENDA

Sessão de Esclarecimento “As mutações genéticas BRCA e o cancro”

30 de maio, 15h | Auditório Azul do IPO do Porto

 

 

 

Campanha “saBeR mais ContA” esclarece dúvidas sobre as mutações nos genes BRCA 1 e BRCA 2 e a relação com o cancro

 

Sessão de esclarecimento é transmitida em direto, através das redes sociais da Evita e LPCC

 

 

O que são as mutações genéticas BRCA? Qual a sua relação com o cancro, em particular com o cancro do ovário e mama? O que é o teste genético e quem deve fazê-lo? Estas e outras questões serão respondidas, no próximo dia 30 de maio, no Auditório Azul do IPO do Porto, por um painel de especialistas, às 15 horas, na sessão de esclarecimento “As mutações genéticas BRCA e o cancro”, uma iniciativa integrada na campanha “saBeR mais ContA”, lançada no passado dia 8 de maio, Dia Mundial do Cancro do Ovário, pela Evita, Liga Portuguesa Contra o Cancro, pelas Sociedades de Genética Humana, Ginecologia, Senologia e Oncologia e AstraZeneca.

Cerca de 44% das mulheres portadoras de mutações patogénicas no gene BRCA1 e cerca de 17% das portadoras de mutações patogénicas no gene BRCA2 vão desenvolver cancro do ovário até aos 80 anos[1]. No cancro da mama,  o cenário é idêntico, com cerca de 72% das mulheres portadoras de mutações patogénicas no gene BRCA1 e cerca de 69% das mulheres portadoras de mutações patogénicas no gene BRCA2 a desenvolverem este tumar até aos 80 anos [1].

Como podem ser identificadas as mulheres portadoras destas mutações, antes ou durante a doença? Que tipo de respostas podem ser conseguidas através desta identificação? Como encarar a mutação enquanto doente e enquanto portadora saudável? Também estas questões serão esclarecidas nesta sessão que, para além de especialistas das Sociedades de Genética Humana, Ginecologia e Senologia, contará com a presença de um representante da Evita e da LPCC e ainda de um testemunho, numa conversa moderada por Adelaide de Sousa e que pretende ajudar doentes e familiares a perceberem o que são as mutações nos genes BRCA 1 e BRCA 2 e as suas implicações, esclarecendo as suas dúvidas.

As inscrições são gratuitas, podendo ser feitas para o e-mail: campanhasabermaisconta@gmail.com Para os que não terão oportunidade de ir, a sessão será transmitida em direto nas redes sociais da Evita e Liga Portuguesa Contra o Cancro.

A campanha “saBeR mais ContA” conta ainda com uma exposição fotográfica com testemunhos de famílias onde houve diagnóstico de cancro da mama e/ou ovário, associados à mutação BRCA, e outros que realizaram o teste genético, e que pode ser visitada na estação de metro da Casa da Música até dia 31 de maio.