HomeActualidadeAstraZeneca Portugal planta 5000 árvores e compensa emissões de CO2 da frota automóvel

AstraZeneca Portugal planta 5000 árvores e compensa emissões de CO2 da frota automóvel

Empresa é a primeira marketing company da AstraZeneca, presente em mais de 100 países, a atingir neutralidade carbónica

A AstraZeneca atingiu no passado sábado a neutralidade carbónica, após a plantação de 5000 árvores, na freguesia de Bensafrim, concelho de Lagos. O número de árvores, composto por mais de 20 espécies, não foi escolhido ao acaso, sendo o necessário para compensar as emissões de CO2 da frota automóvel da companhia, também ela considerada verde, uma vez que é composta por cerca de 180 viaturas híbridas, híbridas plug-in ou de baixas emissões de CO2.

Esta distinção, concedida pela Quercus, fecha um ciclo de iniciativas que a AstraZeneca Portugal tem vindo a desenvolver, onde se contam medidas como a abolição do uso de garrafas e copos de plástico, a redução do consumo de papel (quer através da sensibilização dos colaboradores, quer da implementação de sistemas informáticos), a reciclagem e o tratamento de resíduos, a mudança da iluminação para a tecnologia LED, a instalação de um sistema fotovoltaico, composto por 543 módulos solares e o consumo de energia proveniente apenas de fontes renováveis.

Paula Silva, Vice-Presidente da Quercus, refere que “esta distinção de neutralidade carbónica que a AstraZeneca alcançou é rara, apesar da preocupação cada vez maior das empresas para fazer reflorestação e colmatar as suas emissões de CO2”. Matilde Coruche, Diretora de RH da AstraZeneca, destacou que “este tipo de iniciativas, de team building de cariz ambiental, demonstram o nosso compromisso com a sustentabilidade e são para continuar nos próximos anos”.

A plantação aconteceu em Bensafrim, num terreno em recuperação onde se está a iniciar a instalação de um Centro Experimental de Adaptação às Alterações Climáticas, um espaço que se foca na água, nas energias alternativas, na biodiversidade e na floresta resiliente, tendo por base o uso de técnicas e equipamentos inovadores.

Na iniciativa, que contou com o envolvimento de cerca de 120 colaboradores da AstraZeneca, estiveram também presentes o Diretor Regional do Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas, Castelão Rodrigues, a Vice-Presidente da Quercus, Paula Silva, o Presidente da Câmara Municipal de Lagos, Hugo Pereira e o Presidente da União das Freguesias de Bensafrim e Barão de São João, Duarte Rio. De salientar ainda o apoio institucional da Pulmonale a esta ação.

Sobre a AstraZeneca

A AstraZeneca é uma companhia biofarmacêutica global orientada para a inovação, focada na investigação, no desenvolvimento e na comercialização de medicamentos para o tratamento de várias patologias, em três áreas-terapêuticas principais – Oncologia, Cardiovascular, Renal & Doenças Metabólicas e Respiratória. Opera em mais de 100 países e os seus medicamentos inovadores são utilizados por milhões de pessoas a nível mundial. Para mais informações visite www.astrazeneca.com e www.astrazeneca.pt.